O primeiro beijo

Oi oi gente linda como estão?? Hoje eu tinha programado outro post, mas sabe quando o coração fala mais alto e você muda seus planos?? Então, o post de hoje é assim.

Fazia um tempo que eu queria postar alguns textinhos aqui para vocês, coisinhas bobas que as vezes eu fico pensando ou escrevo. Não sou nenhuma escritora, muito menos uma Bruna Vieira da vida, hahahahaha, mas acredito que todos nós temos palavras que as vezes querem sair de dentro da gente assim, de forma mais bonita.

Ontem eu estava vendo Amor e Sexo, o episódio que perdi de sábado, e fiquei pensando em tanta coisa, no quanto o amor é bonito e o quanto eu gostava de aquele programa pregar aquilo sem preconceitos, sem pudor. Da forma simples que ele é, AMOR!! E é sobre isso o texto de hoje, amor.

O PRIMEIRO BEIJO.

“E aconteceu, molhado, gelado, meio duro, corrido, nervoso. Mas quem foi que disse que não tiveram estrelas e um sorriso que não cabia no rosto?? Primeiro beijo?? Aquilo não foi nada!! Mas foi sim, foi um rito de passagem, foram borboletas no estomago que insistem em ficar até hoje. Ahh, mas ela já havia dado beijinhos quando criança, aqueles de primos, pais, amiguinhos do prezinho… Mas aquele foi O beijo, aquele que mudou tudo, de menina a mulher. Para muitas o primeiro beijo é só algo a ser perdido, virão outros, mais quentes, mais molhados, menos desajeitados, talvez não tão bons… Mas para ela era a certeza que havia sido aquela hora. Nossa, imagina se tivesse sido com aquele amor antigo… não ia ter tido estrelas, mem borboletas…poderia ter sido um beijo mais demorado, mais ensaiado, mas aquele… Aquele tinha sido de repente, entre a vergonha de assumir que era o primeiro e a curiosidade de saber o que era o beijo. E foi assim, o primeiro beijo dela… Corrido, meio gelado, com um olhar timido mas cheio de amor escondido… E foi assim, que um beijo corrido com borboletas e suspiros fez um amor crescer infinito.”

O que eu quero é que vocês lembrem que o amor ele é puro, simples e não tem preconceitos. Acho que a gente está precisando deixar o coração sentir mais, e os olhos julgarem menos.

Quando der e eu ficar inspirada tentarei postar algumas coisinhas que escrever, vou chamar esse quadro de CroniFê, hahahaha.

Espero que tenham gostado =D

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s