Quero um bichinho de estimação, e agora? – banho

BeFunky_t_1

 

Oi girls, como vocês estão??? Bom, os posts sobre pets estão quase chegando ao fim, e hoje vou falar do banho. Sempre quando a gente ganha um filhotinho dá aquele medinho de dar banho né? Mas as coisas podem ser simples se você tiver cuidados.

banho_29052009110544

  • O primeiro de tudo é o cuidado com a orelha do bichinho, pois como sabemos, se deixarmos entrar água pode gerar uma inflamação. Tome sempre muito cuidado ao lavar a cabeça dele, e se te deixar mais seguro use algodão, coloque um pouquinho no ouvido para tampar, masa tome cuidado para não encharcá-lo pois senão vai pingar dentro da orelha dele.
  • Compre shampoos específicos, não use shampoo de bebê ou até mesmo o seu, isso pode irritar a pele do animal e deixar os pelos feios e sem vida.
  • Não dê banhos todos os dias, cães não são como nós, um banho por semana é o suficiente, e se precisar de mais tento no máximo dois.
  • Prefira usa  água morna, principalmente nos dias de frio.
  • Seque muito bem o cãozinho, principalmente se ele for muito peludo, por a umidade pode dar fungos no pelo do animal. De atenção as orelhas e evite deixá-las molhadas.
  • Se o seu cão tem muito pelo, na hora de secar é o horário perfeito para penteá-lo, as vezes use um condicionador próprio de cachorro, isso irá ajudar a deixar os pelos mais macios, hidratados e ajuda a tirar os nós.
  • Escove os dentes do seu baby durante ou apos o banho, para quem esquece ou não tem paciência porque o bichinho não ajuda, aproveite e faça tudo de uma vez.
  • Converse com seu veterinário e procure algo para limpar a orelha de seu filhote, faça isso sempre que der banho, é importante para manter sem infecções.

images

Faça tudo com carinho e paciência. Prepare-se para se molhar. Brinque com seu bichinho e faça ele gostar do banho, assim esse momento ficará mais fácil para você e para ele.

8362904624_429938bec4

Anúncios

Quero um bichinho de estimação, e agora? – educação

BeFunky_t_1

 

Uma das partes mais difíceis de se ter um cãozinho é a parte de educá-lo a não fazer as coisas erradas e ensinar onde é o lugar de fazer xixi e coco. Mas tudo isso é questão de paciência e carinho, com calma ele vai aprendendo tudo o que você ensinar.

Quando ele fizer algo que você não queira que ele faça dê uma bronca, diga não e mostre para ele que ele está errado, ao contrário, quando ele fizer algo legal e se comportar bem dê um petisco e faça carinho, mostre a ele que você fica feliz quando faz isso.

pipidog

O pior de tudo é o xixi e coco, é preciso ter muita paciência e força de vontade e também é preciso entender o bichinho. A Liebe, por exemplo, só faz coco na rua e eu demorei muito a perceber isso e penei bastante. Dês do inicio mostre a ele o cantinho dele, logo quando ele chegar na sua casa tente estabelecer “horários”, como assim? De vez em quando leve ele ao local das necessidades e deixe ele lá um pouco, ou segure ele no colo por um bom tempo e depois coloque ele lá. Se ele fizer certinho dê os parabéns. Se precisar use aqueles pipidogs que são soluções com cheiro de xixi para o cãozinho.

PIPI-DOG

Isso é tarefa de dias, com paciência você conseguirá e ele logo entenderá que ali que é o cantinho dele. Escolha um canto limpo, longe da caminha e da ração. Caso você não queira que ele faça as necessidades dentro de casa crie o habito de sair com ele no mesmo horário sempre, que ele vai associar essa saída como o momento de fazer xixi/coco, mas só faça isso se você tem tempo para sair todos os dias pelo menos duas vezes, pois o pobre do bichinho não é obrigado a ficar segurando nada e isso também pode fazer mal.

Então mãos a obra que o trabalho é dificil, mas vale a pena!!

8362904624_429938bec4


Quero um bichinho de estimação, e agora? – despesas e responsabilidades

BeFunky_t_1

 

Oii flores,

Hoje é dia de falar das despesas e responsabilidades que um bichinho trás.

Um ponto muito importante que temos que pensar antes de comprar um bichinho é em relação as despesas que teremos, será que vamos conseguir mantê-las? Colocar tudo no papel e fazer as contas antes é muito importante. Separei uma listinha básica para vocês:

BeFunky_post-it-note.jpg

  • cama/casinha: onde seu bichinho vai dormir?? Se você mora em apartamento ou em uma casa pequena, sem quintal ele vai precisar de um cantinho só dele e mesmo você tento espaço o bonitinho tem direito a uma casinha onde ela possa dormir.
  • vasilhas de água/ração: não podemos colocar em qualquer lugar. Tem gente que pega uma vasilha velha de casa mesmo, ai vai da opção de cada um, mas de qualquer forma é uma coisa que você tem que providenciar.
  • vacina nos primeiros meses e vermifugo: comprar ou adotar vai de cada um, mas independente disso nosso filhotinho vai precisar de vacinas e ser vermifugado de vez em quando. Isso é essencial para a saúde o animal e para a nossa também. Muita gente acha que o filhote não pode nos passar doenças e isso é errado. Lembre-se também que nesse requisito que eu deveria ter chamado de “medicamentos” incluem remédio para pulgas, e as vezes, remédios de quando o animal ficar doente, como infecção de ouvido entre outras.
  • roupinha e sapatinho: muita gente acha frescura, mas o bem estar o animal é essencial para que ele fique saudável. Já pensou naquele frio gostoso que você fica debaixo das cobertas?? Então seu bichinho também vai querer se esquentar. uma roupinha para os dias mais frios é perfeita, você não precisa de um guarda roupa. O sapatinho é opcional, acredito que aqueles cachorro que tem muito pelo e mais brancos seja legal você adotar a ideia do sapato para andar na rua, pois conserva o animal limpo por mais tempo.
  • brinquedos: o que? Está achando que ele vai ficar só quetinho te olhando?? Se você não quiser seu sapatos, moveis ou coisas que não são para ele estragados compre brinquedos macios e que atraem o filhote. Principalmente nos primeiros meses que os dentes trocam e eles gostam bastante de morder.
  • casinha de xixi/coco: isso depende muito do animal que você quer. Gatos necessitam de um lugar com areia  para eles fazerem as necessidades, questão de higiene. Com os cachorros já da para improvisar, mas claro, eles também precisam de um canto só para isso. Hoje em dia existem no mercado sanitários específicos para cachorros que proporcionam mais higiene tanto para casa como para o bichinho. Quem não quer gastar com isso vale o velho e bom jornal. Mas pense primeiro no espaço que você tem, e pese o que vale a pena e o que não vai dar dor de cabeça depois.
  • veterinário, banho/tosa: desta despesa você não pode fugir. Você pode dar banho em casa no animal mas é aconselhado a pelo menos uma vez no mês o bichinho ir ao pet shop para isso. Lá eles olham orelha, unhas, a tosa higiênica, dentes e outras coisas, como irritação da pele ou qualquer indicio de problema. A tosa vai depender do animal, mas lembre-se que nos dias de calor todo mundo merece um refresco. Quanto ao veterinário. Ninguém precisa ir uma vez ao mês para consultar, mas de vez em quando seu bichinho pode ficar abatido, não querer comer, ou ficar diferente, ai vale a pena um gasto com um consulta.
  • ração/petiscos: essa com certeza é a maior despesa que você terá. Ração é todo dia, não fique nessa de dar comida normal para o bichinho, não faz bem, estraga o pelo e faz mal para os dentes. A ração é feita especificamente para o animal e é o mais saudável e correto para se dar. Petiscos para agradar e deixar o animalzinho feliz também vale, afinal, ele está ali sempre feliz ao te ver porque não dar um presentinho para ele hein?
  • Além destas existem outras despesas que tem que ser contadas, e isso vai de cada um, pense nelas e coloque todas no papel.

Achou que acabou?? hahahahaha, suas responsabilidades ainda não acabaram. Você tem que lembrar que alguém que limpar o local de xixi/coco do bichinho, uma vez na semana ou de quinze em quinze dias é bom usar produtos específicos para desinfetar o cantinho. Além de que não é só trocar a água e a comida, lavar as vasilhas é muito importante também. Outra coisa que você terá que reservar parte do seu tempo, quando o bichinho puder sair na rua você terá que passear com ele, é judiação deixar ele trancado o dia todo em casa, pelo menos uma vez no dia leve ele para uma boa caminhada.

Ufá, acho que estou assustando vocês né? hahahaha, não é a minha intenção. O que vocês tem que entender é que sim, da trabalho, o bichinho depende exclusivamente de você, mas com paciência e amor isso tudo passa rapidinho e você nem percebe que está fazendo.

No próximo posto vamos falar de como arrumar sua casa para receber o filhote e dar dicas também para tudo dar certo!!

8362904624_429938bec4